PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Congresso do Peru rechaça abrir processo de impeachment do presidente do país

08/12/2021 02h21

Lima, 7 dez (EFE).- O Congresso do Peru rechaçou nesta terça-feira a abertura de um processo de impeachment contra o presidente do país, Pedro Castillo, solicitada por um grupo de parlamentares de direita e extrema-direita, de oposição.

Eles apresentaram uma moção que pretendia declarar Castillo "permanentemente incompetente moralmente". O motivo foi uma suposta pressão exercida por membros do governo sobre os comandantes das Forças Armadas para que eles promovessem irregularmente militares simpatizantes do chefe de Estado.

O pedido não foi admitido em votação, que terminou com placar de 76 votos contra, 46 a favor e quatro abstenções. Eram necessários mais seis votos favoráveis para que o processo de impeachment presidencial fosse aberto.

Esta foi a quinta moção de impeachment apresentada no parlamento peruano nos últimos quatro anos. Nos casos anteriores, os ex-presidentes Pedro Pablo Kuczynski (2016-2018) e Martín Vizcarra (2018-2020) acabaram impedidos de terminar seus mandatos. EFE