Ex-embaixador do EUA em Moscou é proibido de entrar na Rússia

Em Moscou

  • AFP PHOTO/ RIA-NOVOSTI / POOL / ALEKSEY NIKOLSKY

A Rússia proibiu o ex-embaixador dos Estados Unidos em Moscou Michael McFaul, que prestou serviço durante a gestão de Barack Obama, de entrar no país, disseram o diplomata e fontes do ministério de Relações Exteriores russo.

A Rússia tem uma lista de nomes proibidos de viajar ao país com algumas autoridades norte-americanas em retaliação ao bloqueio de entrada de alguns russos nos Estados Unidos.

McFaul, que foi embaixador em Moscou entre 2012 e 2014 disse que descobriu a proibição ao solicitar um visto para a Rússia, enquanto fazia planos de viajar ao país para ajudar a então candidata à Casa Branca Hillary Clinton a preparar-se para uma eventual transição na presidência.

"Eu tenho centenas de amigos na Rússia. Lamento muito que estas tensões vão tornar a comunicação entre as pessoas mais difícil", publicou McFaul em redes sociais neste sábado.

"Até onde eu sei, George Kennan foi o último embaixador dos EUA para Rússia/União Soviética que foi impedido de entrar no país."

Moscou declarou Kennan "persona non grata" em 1952.

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia não confirmou publicamente o impedimento, mas fontes do ministério disseram a agências de notícias russas que McFaul foi adicionado à lista de restrições em 2014.

McFaul atualmente é professor de ciências políticas na Universidade de Stanford.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos