Temer elogia Meirelles e anuncia reforma da Previdência com idade mínima de 65 anos

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer fez elogios ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, nesta segunda-feira, no início de uma reunião com líderes da base governista onde foram anunciados alguns dos termos da reforma Previdência que será encaminhada na terça-feira ao Congresso Nacional.

Temer disse que a equipe econômica liderada por Meirelles tem realizado um ajuste fiscal gradual e adequado às necessidades do país, após especulações na imprensa de que o ministro da Fazenda era alvo de críticas dentro do governo.

Em seu pronunciamento, Temer disse que será estabelecido uma idade mínima para a concessão da aposentadoria na proposta, mas que os direitos adquiridos serão respeitados e haverá regras de transição para os trabalhadores que têm mais de 50 anos. Ele reforçou que há necessidade urgente de realizar ajustes para preservar a Previdência.

Após a fala de Temer, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que a idade mínima que será proposta na reforma será de 65 anos.

(Por Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos