Presidente da Fifa diz que federações apoiam Copa do Mundo com mais seleções

Por Alexander Cornwell

DUBAI (Reuters) - As federações de futebol têm apoiado os planos de aumentar o número de seleções na Copa do Mundo para além das atuais 32, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino, em Dubai, nesta quarta-feira.

O chefe da entidade global de futebol quer aumentar o número de times no Mundial para 48, argumentando que isso pode ser feito com o mesmo cronograma do torneio atual.

Federações de futebol de todo o mundo são "majoritariamente a favor" de ampliar a participação, afirmou Infantino, que também propôs uma Copa do Mundo de 40 equipes.

Discursando em uma conferência esportiva, Infantino disse que uma competição com 48 seleções é a estrutura de maior apelo financeiro.

O chefe da Fifa já havia sugerido um torneio de 48 times, mas com uma rodada preliminar única de 32 equipes, cujos 16 vencedores entrariam em uma fase de grupos de 32 times ao lado de 16 equipes que receberiam uma vaga automática.

Quando foi eleito, em fevereiro, Infantino prometeu ampliar o Mundial, elevando a quantidade atual de 32 equipes para 40.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos