Expansão do Reino Unido no 4º tri atinge máxima de 1 ano mas 2016 foi mais fraco do que o projetado

LONDRES (Reuters) - A economia do Reino Unido acelerou e cresceu ao ritmo mais forte em um ano durante os últimos três meses de 2016, superando a estimativa preliminar e mostrando que a decisão de sair da União Europeia teve pouco impacto imediato sobre o crescimento.

Mas o investimento empresarial caiu e houve sinais de que o ano à frente será mais difícil. O aumento dos gastos das famílias desacelerou no quarto trimestre e dados separados mostraram que o dominante setor de serviços expandiu em dezembro à taxa mais lenta em sete meses.

A Agência para Estatísticas Nacionais informou que o Produto Interno Bruto cresceu 0,7 por cento no quarto trimestre em comparação com os três meses anteriores, contra estimativa inicial de 0,6 por cento.

A agência também revisou para baixo sua estimativa para o crescimento econômico em 2016 como um todo para 1,8 por cento, de 2,0 por cento.

Pesquisa da Reuters com economistas sugeria que a segunda leitura sobre o PIB confirmaria as estimativas iniciais de crescimento de 0,6 por cento no trimestre.

O investimento empresarial caiu 1 por cento no quarto trimestre em comparação com o período de julho a setembro, primeira queda desde os três primeiros meses do ano, e foi 0,9 por cento menor ante o quarto trimestre de 2015.

(Reportagem de Andy Bruce e William Schomberg)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos