Oculus, do Facebook, corta preço de seu equipamento de realidade virtual

Por David Ingram

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Oculus, unidade de realidade virtual do Facebook, cortou em 200 dólares o preço de seu conjunto de hardware, numa tentativa de ampliar a base de jogadores de videogames, informou a empresa nesta quarta-feira.

O fone de ouvido de realidade virtual Rift e os controladores de movimento Touch serão vendidos em conjunto por 598 dólares, disse Jason Rubin, vice-presidente de conteúdo da Oculus, em comunicado.

O Facebook pagou 2 bilhões de dólares pela Oculus em 2014, acreditando que seria a próxima plataforma de computação. O diretor-executivo Mark Zuckerberg disse que a Oculus gastaria 500 milhões de dólares para financiar o desenvolvimento de conteúdos de realidade virtual.

Oculus e outros fabricantes de realidade virtual estão lutando para tornar seus produtos competitivos com outros sistemas de jogos que vendem por muito menos.

A Oculus acredita que o menor preço de entrada atrairá consumidores para a realidade virtual em computadores pessoais a um ritmo mais rápido, disse Rubin. "Essa queda de preço foi tão inevitável quanto benéfica e é assim que o negócio de tecnologia funciona", afirmou.

Uma base de usuários maior levaria a uma melhor interação entre os jogadores, melhores comunidades e a capacidade de investir mais em títulos de jogos, disse ele, chamando esses resultados de "um círculo virtuoso".

A Rift é vendida no varejo a 599 dólares, enquanto o Touch sai a 199 dólares.

A empresa de realidade virtual Vive, unidade da HTC , disse que não competiria com a Oculus em preço e não mudaria sua "estratégia de entregar o melhor e mais abrangente produto VR". Seu sistema é vendido a 799 dólares pela internet.

"Não sentimos necessidade de cortar o preço da Vive, já que tivemos um sucesso incrível e continuamos a ver grande impulso no mercado", disse o porta-voz de Vive, Patrick Seybold.

A Sony juntou-se à corrida pela realidade virtual em outubro com um fone de 399 dólares, o PlayStation VR, o primeiro grande lançamento de produtos da empresa desde que se levantou de anos de reestruturação.

(Reportagem adicional de Laharee Chatterjee)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos