Chefe do Estado Islâmico no Afeganistão foi morto em ataque, diz Pentágono

Em Washington

  • Rahmat Gul/AP

    31.mai.2017 - Ataque do Estado Islâmico deixa cratera em Cabul, no Afeganistão

    31.mai.2017 - Ataque do Estado Islâmico deixa cratera em Cabul, no Afeganistão

O chefe do Estado Islâmico no Afeganistão, Abu Sayed, foi morto em um ataque contra a sede do grupo na província de Kunar nesta semana, informou o Pentágono nesta sexta-feira (14).

A porta-voz do Pentágono Dana White disse em comunicado que outros membros do grupo Estado Islâmico foram mortos no ataque na terça-feira.

Sayed é o terceiro líder do Estado Islâmico no Afeganistão a ser morto desde julho de 2016.

O ex-líder Abdul Hasib foi morto em operação conjunta entre os Estados Unidos e Afeganistão em 27 de abril na província oriental de Nangarhar. O antecessor de Hasib, Hafiz Saeed Khan, morreu em um ataque norte-americano por drone em 2016.

A ramificação local do Estado Islâmico, frequentemente conhecida como Estado Islâmico Khorasan, devido a um antigo nome para a região que inclui o Afeganistão, tem estado ativa desde 2015, lutando contra o Taliban e forças afegãs e norte-americanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos