"Putin não é meu inimigo, é um competidor", diz Trump

Alissa de Carbonnel, Jeff Mason e Robin Emmott

Em Bruxelas

  • Evan Vucci/AP

    7.jul.2017 - Putin cumprimenta Trump durante encontro do G20 na Alemanha

    7.jul.2017 - Putin cumprimenta Trump durante encontro do G20 na Alemanha

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que a reunião com o presidente russo, Vladimir Putin, na próxima semana, pode ser a mais fácil de sua viagem oficial pela Europa, dizendo que Moscou é um competidor e não um inimigo.

Questionado se Putin representa uma ameaça, Trump disse: "Eu não quero que ele seja, e é por isso que temos a Otan", após cúpula da aliança militar em Bruxelas.

"Ele é um competidor", disse Trump a repórteres. "Ele é meu inimigo? Ele não é meu inimigo... Com esperança, algum dia, talvez, ele será um amigo. Eu só não o conheço muito bem".

Trump disse que abordará questões como o controle de armas, a possível ampliação do tratado Novo Começo e violações da Rússia ao Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF) durante as conversas com Putin.

"Nós queremos apurar sobre a Síria. Nós iremos falar sobre interferência... Nós iremos falar sobre a Ucrânia".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos