PUBLICIDADE
Topo

Brexit não afetará direitos de britânicos que residem na Espanha, diz premiê Sánchez

28/12/2018 12h41

MADRI (Reuters) - O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, buscou nesta sexta-feira tranquilizar os britânicos que vivem na Espanha, dizendo que seus direitos permaneceriam inalterados após a saída do Reino Unido da União Europeia.

O governo estava trabalhando em medidas para garantir que os britânicos residentes na Espanha mantivessem seus direitos, mesmo com um Brexit sem acordo em 29 de março. No entanto, as medidas estavam condicionadas a que os espanhóis recebessem o mesmo tratamento no Reino Unido, acrescentou.

"Seus direitos serão preservados em qualquer cenário", disse Sánchez durante a tradicional coletiva de imprensa de fim de ano do primeiro-ministro.

A Espanha é o destino de aposentadoria europeu mais popular para os britânicos e é o lar de cerca de 300 mil habitantes, a maioria deles instalados na costa espanhola. Entre os estrangeiros, eles são, de longe, os maiores usuários do sistema universal de saúde da Espanha, financiado pelo Estado.

Sánchez disse que até fevereiro apresentará uma lei regulamentando os direitos dos cidadãos nos respectivos países que também estabeleceriam medidas para proteger as relações comerciais bilaterais.

(Por Sonya Dowsett)