PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Vacina se faz campanha, não se pode obrigar ninguém a tomar, diz Bolsonaro

Lisandra Paraguassu

Da Reuters, em Brasília

08/09/2020 15h50

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a dizer hoje que não se pode obrigar a tomar vacina e acrescentou que não se pode injetar "qualquer coisa" nas pessoas.

"Não se pode injetar qualquer coisa nas pessoas nem obrigar. A vacina se faz a campanha", disse o presidente em um evento sobre o uso de hidroxicloroquina com um grupo de médicos que defendem o medicamento.

Bolsonaro citou ainda as desconfianças que existem sobre a vacina russa contra a covid-19 e lembrou que foi muito criticado ao dizer para uma apoiadora que ninguém ia obrigar ninguém a tomar vacina.

Bolsonaro reclamou ainda estar com "pecha de genocida" por defender a hidroxicloroquina e por não ter feito "outras coisas", mas voltou a dizer que a decisão do Supremo Tribunal Federal deu poder de decisão aos governadores.

Coronavírus