PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Colômbia se prepara para vacina no momento em que se aproxima de 1 milhão de casos de coronavírus

24.03.2020 - Membro da Cruz Vermelha, no aerrporto El Dorado, em Bogotá - Corbis via Getty Images
24.03.2020 - Membro da Cruz Vermelha, no aerrporto El Dorado, em Bogotá Imagem: Corbis via Getty Images

Julia Symmes Cobb

24/10/2020 12h46

Em um armazém perto do aeroporto de Bogotá, por trás de uma pesada porta de depósito resfriado, estão caixas e caixas de vacinas que salvam vidas, de febre amarela a pólio, esperando transporte aos quatro cantos da Colômbia.

As altas prateleiras, mantidas a 5 graus celsius, estão semi-vazias —deixando muito espaço para uma futura vacina contra covid-19.

A Colômbia deve se tornar o oitavo país do mundo a passar 1 milhão de infecções pela doença neste sábado (24).

Enquanto cientistas ao redor do mundo correm para encontrar uma vacina, a Colômbia afirma que está pronta para distribuir qualquer uma que se provar eficiente.

Seu estado de prontidão se deve a décadas trabalhando em um programa de imunização grátis do governo que oferece 21 vacinas para todos na nação sul-americana —com um dos fornecimentos de vacina mais generosos da região.

"Temos um programa de vacinação realmente forte, que serve como modelo e que incorporará a nova formula que chegará contra a covid", disse o secretário-geral do Ministério da Saúde, Gerardo Burgos, à agência de notícias Reuters.

Coronavírus