PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Covid: OMS diz que ainda não há evidências para apoiar adaptação das vacinas contra ômicron

Diretor-executivo do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, durante entrevista coletiva em Genebra - Reprodução
Diretor-executivo do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, durante entrevista coletiva em Genebra Imagem: Reprodução

Manas Mishra e Amruta Khandekar

Da Reuters, em Bengaluru

03/12/2021 12h35Atualizada em 03/12/2021 12h58

O diretor de emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS), Mike Ryan, disse nesta sexta-feira que não há evidências para apoiar uma alteração nas vacinas contra a covid-19 para adaptá-las à variante ômicron.

Em um evento em rede social, Ryan disse, no entanto, que, se necessário, o trabalho já está em andamento no caso de serem necessárias vacinas específicas para a Ômicron.

"No momento, temos vacinas altamente eficazes que estão funcionando. Precisamos nos concentrar em distribuí-las de maneira mais equitativa. Precisamos nos concentrar em vacinar as pessoas em maior risco", disse Ryan.

A agência disse nesta sexta-feira que ainda está estudando a transmissibilidade e a gravidade da nova variante.

Coronavírus