Enchentes matam mais de 20 pessoas no norte da Tanzânia, diz governo

Por Nuzulack Dause

DAR ES SALAAM (Reuters) - Pelo menos 20 pessoas foram vítimas de enchentes depois que fortes chuvas atingiram a região de Manyara, no norte da Tanzânia, informou o Ministério da Saúde neste domingo.

Graves inundações causadas pelo fenômeno climático El Niño mataram centenas de pessoas no Quênia e na Somália nas últimas semanas. As chuvas também deixaram um rastro de destruição, arruinando infraestruturas como estradas e submergindo cidades da África Oriental, o que provocou o deslocamento de centenas de milhares de pessoas.

“Estamos muito chocados com este acontecimento”, disse a presidente Samia Suluhu Hassan em mensagem de vídeo publicada pelo Ministério da Saúde da Tanzânia.

Ela orientou as agências de segurança, o ministério da saúde e outros órgãos relevantes a destinarem todos os esforços em prol dos serviços de busca e resgate para evitar mais mortes.

As mais de 20 mortes foram registradas na aldeia de Katesh, no distrito de Hanang, em Manyara, disse a presidente.

As fortes chuvas da noite de sábado causaram deslizamentos de terra em algumas áreas do Monte Hanang, informaram os meios de comunicação nacionais, acrescentando que as enchentes também arrastaram o gado.

As alterações climáticas estão causando eventos climáticos extremos mais intensos e frequentes, dizem os cientistas.

Em resposta, líderes africanos estão pressionando por novos impostos globais e mudanças nas instituições financeiras internacionais para que estas ajudem a financiar ações contra as alterações climáticas.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora