Conteúdo publicado há 1 mês

Papa Francisco se recupera após gripe leve, diz cardeal

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco cancelou seus compromissos nesta segunda-feira, pela segunda vez em três dias, porque está com uma gripe leve, mas um cardeal de alto escalão disse que o pontífice de 87 anos já estava em completa recuperação.

Francisco foi forçado a se ausentar de reuniões no sábado e, embora tenha aparecido em público no domingo para enviar sua mensagem semanal do Angelus, o Vaticano disse que suas audiências nesta segunda-feira foram suspensas por precaução.

"Persistem sintomas leves de gripe, sem febre", informou um comunicado do Vaticano.

No final do dia, o cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano e segundo em comando, disse que o papa estava "bem" e havia superado a gripe.

"Ele se recuperou e retomou suas atividades normais", disse Parolin à agência de notícias Ansa durante um evento em Roma.

O papa sofreu repetidos problemas de saúde nos últimos meses e foi forçado a cancelar uma viagem planejada para uma reunião climática da COP28 em Dubai, em dezembro, por causa dos efeitos de uma gripe e de inflamação pulmonar.

Em janeiro, ele não conseguiu concluir um discurso devido a "um pouco de bronquite". No final daquele mês, ele disse que estava melhor, apesar de "algumas dores".

Quando jovem, em sua terra natal, a Argentina, Francisco teve parte de um pulmão removido.

O papa também tem dificuldade para andar e usa regularmente uma cadeira de rodas, inclusive em uma reunião na semana passada com o presidente da Argentina, Javier Milei.

Continua após a publicidade