Passageiro está desaparecido após cair de navio de cruzeiro em Santos; acidente é o segundo em dois meses

Do UOL, em Santos

O Corpo de Bombeiros vai retomar as buscas por um homem que caiu do navio MSC Fantasia, em Santos (litoral de São Paulo), na manhã deste domingo (10).

O incidente aconteceu por volta das 18h50 de sábado, quando a embarcação, que seguia para Búzios (RJ), Salvador (BA) e Ilha Grande (RJ), ainda estava atracada no porto de Santos.

As buscas foram suspensas por volta das 23h30 por falta de visibilidade, segundo o tenente Carlos Alberto Lourenço, do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros.

Identificado como Luciano De Lucca, 30, o passageiro estava na cabine de número 11.063, localizada no 11º andar. A informação foi confirmada pela CPSP (Capitania dos Portos de São Paulo). 

Ainda de acordo com a CPSP, um tripulante avistou a queda do passageiro no lado esquerdo do navio. Uma boia salva-vidas e um bote chegaram a ser lançados ao mar, mas não foi possível resgatar o homem.

Viagem atrasou sete horas

Por causa do incidente, a embarcação chegou a ficar retida por sete horas no porto de Santos, onde passou por perícia e inspeção, da CPSP e também da Polícia Federal, que investiga o caso.

Em nota, a CPSP confirmou a liberação do navio por volta de 1h, mas, segundo o UOL apurou, o MSC Fantasia só deixou o porto por volta de 2h10 deste domingo. A previsão é de que o navio chegue às 13h em Búzios.

A farmacêutica Ariadne Morais, 36, passageira do cruzeiro, confirmou a informação. Ainda de acordo com ela, a tripulação não deu detalhes do caso, e uma festa de boas-vindas, que aconteceria na noite deste sábado, foi cancelada.

Sem mais notícias e impedidos de seguir viagem, a maioria dos passageiros foi dormir, informou a farmacêutica.

Em nota à imprensa, a MSC Cruzeiros, proprietária do navio, confirmou o episódio. Segundo a empresa, o homem era passageiro e já estava acomodado na cabine.

"Não há mais informações neste momento, mas a companhia acionou as autoridades competentes e está acompanhando e colaborando para a apuração do caso", resume o comunicado. Mais de 3.500 pessoas estão a bordo do navio.

Segundo acidente em dois meses

Este é o segundo acidente registrado no MSC Fantasia em pouco mais de dois meses.  Em 6 de dezembro último, o empresário baiano  Teobaldo Ferreira da Cruz, 52, morreu após sofrer uma queda no interior da embarcação.

Cruz viajava com um genro e funcionários da distribuidora atacadista de produtos da qual era proprietário, em Ilhéus.Ele teria sofrido um mal-estar, caído de um dos deques (andares) do navio e morrido em consequência da queda.

Últimas de Cotidiano

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos