Operação desarticula em SP quadrilha suspeita de fraudar R$ 2,7 bi no setor de soja

Do UOL, em São Paulo

Uma operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) nas cidades de São Paulo, Osasco (Grande SP) e Bauru (interior paulista) desarticulou nesta terça-feira (21) uma quadrilha suspeita de causar prejuízos de ao menos R$ 2,7 bilhões ao Fisco.

De acordo com o Ministério Público em São Paulo, a quadrilha agia no setor de processamento de soja e teria causado o prejuízo bilionário aos cofres públicos do Estado e da União "mediante fraude fiscal viabilizada pela corrupção de agentes públicos graduados que receberam mais de R$ 500 mil em propinas".

A operação foi coordenada pelo núcleo do Gaeco em Bauru em conjunto com a Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo e apoio das Polícias Civil e Militar. Ao todo, foram cumpridos 20 mandados judiciais de busca e apreensão e 10 mandados de prisão nas três cidades.

Conforme o MP, detalhes da ação só serão divulgados à tarde, em entrevista coletiva marcada para as 15h na sede do MP na capital paulista.

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos