Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2015/05/01/veja-patrimonios-mundiais-que-resistiram-a-terremotos.htm
  • totalImagens: 12
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20150501060000
    • Internacional [35978]; Terremoto [22198]; Patrimônio Mundial [34184];
Fotos

O grande terremoto que atingiu a cidade peruana de Cusco, em 1950, destruiu boa parte do convento dominicano e a Igreja de Santo Domingo, que foram construídas em cima do impressionante Korikancha (Templo do Sol). A arquitetura Inca da cidade, no entanto, sobreviveu ao terremoto Paolo Aguilar/Arquivo/EFE Mais

O templo de Prambanan na ilha de Java, na Indonésia, é o maior complexo de templos hindus do país e um dos maiores templos no sudeste da Ásia. O local, incluído na lista de patrimônio cultural da humanidade da Unesco, foi atingido pelo terremoto de 2006. A construção, que data do século 10, resistiu. Muitos acreditam que pela graça do deus Shiva, ao qual é dedicado iStock Mais

O monastério de Daphni, considerado um dos patrimônios culturais da humanidade, sofreu danos severos quando um terremoto atingiu a região grega primeiro em 1889 e novamente em 1897. Em 1999, o grande terremoto de Atenas danificou seriamente a estrutura da construção, que continua sendo restaurada Wikipedia Mais

Em 2009, um terremoto atingiu a Itália, ameaçando relíquias históricas em Roma. As antigas termas romanas de Caracalla, construídas entre os anos 212 e 216, durante o reinado do imperador Caracalla, chegaram a ser danificadas, mas permaneceram firmes. A cidade de L'Aquila teve menos sorte e foi destruída iStock Mais

O Monastério de Batalha, um convento dominicano e considerado uma joia da arquitetura gótica na Europa, foi construído em agradecimento à Virgem Maria pela vitória portuguesa sobre os espanhóis na batalha de Aljubarrota, em 1385. Levou mais de um século até que ficasse pronto, em torno de 1517. Em 1755, um terremoto que atingiu Lisboa causou pequenos danos à estrutura iStock Mais

O terremoto que atingiu a região norte da Itália, em 2012, ameaçou o Palácio Ducal em Mantua. Construído entre os séculos 14 e 17, a edificação foi a residência real do ducado da família Gonzaga, da Lombardia. O palácio e as edificações ligadas por corredores faz parte do patrimônio histórico da humanidade iStock Mais

Em 1899, um terremoto de magnitude 8,4 sacudiu a geleira no parque Bay, no Alasca. Em 1958, outro tremor devastou a baía Lituya. A região montanhosa combina cerca de 100 geleiras, com rios, lagos e uma fauna rica, ameaçada em tempos recentes muito mais pelo aquecimento global do que por terremotos iStock Mais

Em 12 de maio de 2008, um terremoto abalou a cidade de Dujiangyan, na China. Listada como patrimônio histórico por seu sistema de irrigação construído em 256 a.C., a cidade fica próximo ao rio Min em Sichuan, próximo à capital regional Chengdu. O tremor danificou alguns dos mais famosos locais históricos, incluindo alguns canais de irrigação que atraem milhares de turistas. Um mês depois, graças aos esforços de reconstrução, vários locais foram reabertos ao público iStock Mais

A antiga capital de Nara, localizada no distrito de Nara, ao sul de Kyoto, foi atingida diversas vezes por tremores. O mais recente, em agosto de 2013, provou ser um alarme falso. Os templos e palácios permanecem como testemunho histórico de um país chacoalhado por terremotos. Um alívio para os turistas, que continuam a admirar e venerar o Grande Buda no templo de Todai-ji iStock Mais

Protegida por uma muralha, a "Cidade Velha" de Baku com o palácio Shirvanshah e a torre da Donzela é uma fortaleza no coração de Baku, no Azerbaijão. A maioria de sua estrutura, reforçada após a conquista russa em 1806, sobreviveu, juntamente com suas ruas pavimentadas com paralelepípedos. Em 2003, a Unesco colocou a cidade na lista de patrimônio cultural da humanidade, três anos após um terremoto atingir o local iStock Mais

A antiga citadela de Bam, no Irã, foi danificada durante o terremoto que destruiu várias cidades e matou milhares de pessoas em 2003. A cidade que viveu seu apogeu entre os séculos 7 e 11, como centro de comércio, ainda passa por uma reconstrução iStock Mais

Em 2001, a cidade peruana de Arequipa foi atingida por um terremoto de magnitude 7,9 que chegou a ser sentido no norte do Chile. Preparada para suportar abalos sísmicos com paredes reforçadas, a catedral de Arequipa manteve-se intacta e continua um dos grandes monumentos do país iStock Mais

Veja patrimônios mundiais que resistiram a terremotos

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos