PUBLICIDADE
Topo

Balaio do Kotscho

Deu zebra, Juca: reservas do São Paulo classificam o Corinthians

Ricardo Kotscho

Ricardo Kotscho, 72, paulistano e são-paulino, é jornalista desde 1964, tem duas filhas e 19 livros publicados. Já trabalhou em praticamente todos os principais veículos de mídia impressa e eletrônica. Foi Secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República (2003-2004). Entre outras premiações, foi um dos cinco jornalistas brasileiros contemplados com o Troféu Especial de Direitos Humanos da ONU, em 2008, ano em que começou a publicar o blog Balaio do Kotscho, onde escreve sobre a cena política, esportes, cultura e histórias do cotidiano

Colunista do UOL

26/07/2020 19h26

"Hoje tem marmelada?", perguntou meu ídolo Juca Kfouri em sua coluna na Folha, sobre a decisão do São Paulo de jogar com o time reserva contra o Guarani, que poderia eliminar o poderoso Corinthians, de tantas glórias e tradições, logo na fase de grupos do Paulistinha.

Mas essa nem o Juca esperava: o time reserva do São Paulo mostrou que é melhor do que o titular, e meteu 3 a 1 no Guarani, sem dó nem piedade, classificando o Corinthians para a próxima fase.

O único titular escalado pelo São Paulo foi o goleiro Volpi, que foi o melhor em campo. Curiosamente, Volpi também joga melhor no time reserva do que no titular.

Futebol tem dessas coisas que ninguém explica. Acho que vem daí todo o seu encanto e magia para alegrar nossas tardes de domingo, mesmo nos estádios sem torcida.

Para provocar o corintiano Juca, perguntei a ele logo cedo se ele iria torcer para o São Paulo porque eu, que sou são-paulino, estava pensando em torcer para o Guarani, só para tirar o Timão da nossa frente nas fases finais.

Resposta do amigo: "Eu não. O melhor pro único brasileiro bicampeão mundial Fifa é ficar fora do Paulistinha e se preparar para ser octacampeão brasileiro. Quem tá na fila não somos nós. Bambi e Bugre que se comem. Aliás, vou ao cinema... Vou torcer pra ninguém. Só pro Timão em sua aventura contra o Oeste. A coluna de amanhã já está pronta: CAMPEONATO MANCHADO!"

Duvido que o Juca tenha ido ao cinema.

Pois deu zebra, meu caro. A molecada do São Paulo deve ter lido tua coluna e entrou em campo com a faca nos dentes para derrotar o Guarani e ficar em primeiro lugar na chave.

Aliás, não foi a primeira vez que o São Paulo salvou o Corinthians. Como você mesmo lembrou na tua coluna, em 2004, dois gols do Grafite contra o Juventus, na vitória por 2 a 1, impediram a queda do Corinthians para a segunda divisão, num jogo que já não valia nada para nós.

Torço agora para que, mais uma vez, São Paulo e Corinthians disputem a final do campeonato, porque isso só vai valorizar o nosso título, embora nossos times não inspirem muita confiança, assim como o Palmeiras e o Santos.

Bem que esse campeonato poderia ter uma final entre Bragantino e Santo André, os dois times que jogaram melhor até agora.

Sem torcida nas arquibancadas, o peso das camisas já não influi tanto.

E, pensando bem, que diferença vai fazer nas nossas vidas quem será campeão?

Futebol foi feito pra gente brincar e se divertir um pouco no meio de tanta desgraça bolsonarista.

Bom mesmo foi ter recebido, bem na na hora do jogo, a visita surpresa da minha filha Mariana e do genro Rodrigo, que eu não via há muito tempo.

Vida que segue.

.

.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Balaio do Kotscho