Topo
OPINIÃO

Na Folha: Nem 'Anatomia de um Escândalo' ou 'A Idade Dourada' valem a pena

A atriz Carrie Coon é uma das protagonistas da série "A Idade Dourada" (The Gilded Age) na HBO Imagem: Divulgação/HBO
exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Colunista do UOL

30/04/2022 07h01

Não é todo dia que o espectador tem à disposição, ao mesmo tempo, em dois dos maiores streamings, uma superprodução sobre americanos desenvolvida por um inglês e outra sobre ingleses produzida por um americano.

"A Idade Dourada", disponível no HBO Max, e "Anatomia de um Escândalo", na Netflix, são programas que falam não apenas sobre as criaturas que ocupam a tela, mas também, e bastante, sobre seus criadores.

A mais interessante é a primeira. Leva a assinatura de Julian Fellowes, autor do roteiro do filme "Assassinato em Gosford Park" (2001), de Robert Altman, e criador da muito bem-sucedida "Downton Abbey", série exibida entre 2010 e 2015.

Íntegra aqui

AVISO: Faço uma pausa em maio e volto a atualizar a coluna no UOL em junho.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Na Folha: Nem 'Anatomia de um Escândalo' ou 'A Idade Dourada' valem a pena - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Newsletter