PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Perfil se passa por Maiurino e inventa plano de Lula e STF contra Bolsonaro

19/04/2021 15h42

Uma conta fraudulenta no Twitter atribuída ao diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Gustavo Maiurino, publicou uma série de mensagens nas quais alardeia uma suposta conspiração de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para "matar o presidente Jair Bolsonaro". A PF desmentiu o teor das denúncias, que viralizaram após divulgação da jornalista Leda Nagle. Este conteúdo foi enviado por leitores para checagem do Estadão Verifica.

O tuíte falso, acompanhado de uma foto do STF, diz o seguinte: "partiu daqui em conjunto com @LulaOficial e outros a ideia de matar BOLSONARO. Por enquanto não posso dizer muito, mas vocês saberão?". A conta fraudulenta diz ainda que "eles querem destruir @jairbolsonaro porém não vão conseguir porque urubus de capa preta RECEBERAM PROPINA para acabar com o presidente." (...) Leia íntegra no Estadão.