PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Queiroga usa lançamento de pesquisa para defender Bolsonaro

05/05/2021 16h15

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, usou o lançamento do que chamou "da maior pesquisa sobre covid-19 do mundo", na manhã de hoje, para desagravar o governo e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que ontem (4) foi tratado como negacionista pelo ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) no primeiro dia de depoimentos à CPI da Covid. Queiroga repetiu o nome do presidente diversas vezes no evento para ironizar acusações de negacionismo e dizer que o governo aposta em ciência.

Ontem, Mandetta afirmou à CPI que, ainda ministro, enviou uma carta ao presidente com recomendações científicas para conter a pandemia, como distanciamento social. O documento, porém, teria sido ignorado por Bolsonaro, que em 2020 chamou a covid-19 de "gripezinha", promoveu aglomerações com simpatizantes, recusou-se a usar máscara e até agora não se vacinou. (...) Leia íntegra no UOL.