Giro UOL traz os destaques da noite desta segunda, 27/02, para você; ouça

Saulo Novaes

Do UOL, em São Paulo

  • Arte UOL

Marco Antônio Teixeira/UOL
Marco Antônio Teixeira/UOL

Segundo dia de desfiles

Hoje seis escolas vão cruzar a Marquês de Sapucaí em busca do título do Carnaval carioca, completando os desfiles do Grupo Especial. A primeira escola a entrar na avenida será a União da Ilha, seguida da São Clemente, Mocidade Independente, Unidos da Tijuca e Portela. A Mangueira, escola campeã do ano passado, encerra o desfile. Em uma das mais conturbadas noites da história história da Sapucaí, a Beija-Flor de Nilópolis saiu da avenida como o grande destaque; a notícia ruim ficou por conta do acidente com a escola Paraíso do Tuiuti que deixou 20 feridos.
Compartilhe
Marivaldo Oliveira/Código 19/Folhapress
Marivaldo Oliveira/Código 19/Folhapress

Lava Jato ameaça Odebrecht

A crescente onda de rejeição vivida pela Odebrecht no mercado internacional põe em risco contratos de quase US$ 16 bilhões em projetos conquistados nos últimos anos. De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, até setembro de 2016, dois terços da carteira de obras da empreiteira tinham origem fora, em países como Venezuela, Angola e Panamá. Juntos, esses três países tinham mais obras contratadas com a empresa do que o Brasil.
Compartilhe
FLÁVIO TAVARES/HOJE EM DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
FLÁVIO TAVARES/HOJE EM DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Preso em contrato

O ex-goleiro Bruno vai ter que negociar com o Montes Claros para voltar ao futebol profissional. O clube de Minas Gerais tem contrato com o goleiro registrado na CBF, com validade até 2019 e multa estipulada em R$ 2,86 milhões. Bruno deixou a prisão na última sexta-feira, graças a uma liminar deferida pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF, que permite que o jogador recorra em liberdade da condenação por sequestro, morte e ocultação do cadáver da modelo Eliza Samudio.
Compartilhe
Mark Thompson/Getty Images
Mark Thompson/Getty Images

E começou a temporada

Lewis Hamilton, com pneus macios, tirou a liderança das mãos de Sebastian Vettel, da Ferrari, no turno da tarde do primeiro dia de pré-temporada da Fórmula 1 em 2017. Mas isso não significa que a Mercedes já pode ser apontada como favorita: Hamilton, com pneus macios, liderou com apenas pouco mais de um décimo de vantagem para Vettel, que optou por usar pneus médios. Até mesmo Felipe Massa, voltando à Williams, conseguiu se sustentar no alto da tabela, em terceiro, três décimos atrás do ponteiro.
Compartilhe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos