Vazamento de ferro em rio deixa cidade mineira sem abastecimento de água

Do UOL Notícias

Em São Paulo

Em razão do rompimento de um mineroduto da empresa Samarco na madrugada do último domingo (25), os moradores de Espera Feliz (MG) permanecem até esta terça-feira sem abastecimento de água. A cidade possui pouco mais de 20 mil habitantes e está localizada a 380 km a leste de Belo Horizonte, perto da divisa com o Rio de Janeiro.

Com o rompimento, uma quantidade ainda não determinada de ferro e cal foi despejada no rio São João, afluente do rio Itabapoana. De acordo com a mineradora, a captação de água no rio foi interrompida e o abastecimento para a população de Espera Feliz está sendo feito por vias alternativas. A Samarco afirmou que disponibiliza, desde domingo, caminhões-pipa para fornecer água aos afetados.

A Defesa Civil de Minas Gerais informou que a única cidade atingida pelo vazamento foi Espera Feliz e que uma análise mais detalhada do incidente será divulgada amanhã. Segundo a mineradora, técnicos da empresa, da Fundação Estadual de Meio Ambiente de MG e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) percorreram os rios São João e Caparaó e constataram que não há indícios do minério a uma distância de 12 km de local do rompimento.

Representantes do Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (Inea) fizeram uma análise da água colhida no trecho fluminense do rio e não detectaram anormalidades. Nenhuma cidade do Rio de Janeiro está com o abastecimento afetado, de acordo com o órgão. O Inea informou ainda que o vazamento não atingiu o rio Itabapoana

A Samarco afirmou que o material transportado dentro da tubulação não é tóxico. Em nota, a mineradora disse que os trabalhos para concluir os reparos no mineroduto continuam ininterruptamente e que está fazendo uma investigação minuciosa para verificar as causas do incidente.

O UOL Notícias entrou em contato com o Ibama em Juiz de Fora (MG), mas o órgão não soube informar se a empresa será punida pelo desastre.

A bacia do Itabapoana drena uma área de 4.875 km² nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, abrangendo 18 municípios, cuja população residente total é de quase 652 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos