Topo

Após chuva, São Paulo deixa estado de atenção; trânsito está acima da média

Do UOL, em São Paulo

13/12/2012 18h21Atualizada em 13/12/2012 20h37

A região central e as zonas leste e oeste de São Paulo deixaram o estado de atenção para alagamentos por volta das 20h desta quinta-feira (13) após a forte chuva que atingiu a capital, informou o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) da prefeitura.

Com a chuva, a cidade registrava 134 km de lentidão às 20h, trânsito bem acima da média superior do horário (87 km), de acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

As piores vias são a marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, com 6,2 km de filas da ponte da Freguesia do Ó até a ponte das Bandeiras; a marginal Pinheiros, sentido Interlagos, que tem 5,6 km de lentidão da rodovia Castelo Branco até a ponte Cidade Universitária; e avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, com 6,2 km de filas da rua Ribeiro do Vale até o viaduto Ministro Aliomar Baleeiro.

De acordo com a CET, a cidade também tem 44 semáforos com problemas, sendo que 18 estão apagados e outros 26 estão em amarelo piscante.

Também há ainda ao menos cinco pontos de alagamento na cidade, de acordo com o CGE. O cruzamento da avenida Rebouças com a avenida Brigadeiro Faria Lima, em Pinheiros (zona oeste), chegou a ficar intransitável por volta das 18h30.

A escala do órgão passa por observação (condições normais), atenção (possibilidade de alagamentos), alerta (transbordamento de rios e córregos) e alerta máximo (estado de calamidade pública).

Ainda segundo o CGE, novas áreas de instabilidade se deslocarão para a cidade no decorrer da noite.

Chuva deixa fusca ilhado em cruzamento de SP

Fim de semana

A aproximação de uma frente fria mudará o tempo na Grande São Paulo no final da semana, amenizando o calor dos últimos dias. A sexta-feira (14) ainda amanhece abafada e com sol entre nuvens, e a temperatura deve oscilar de 21 ºC a 28 ºC, de acordo com o CGE.

A frente fria aumentará a nebulosidade e deve favorecer a ocorrência de chuvas (pancadas com trovoadas) e rajadas de vento, com potencial para formação de alagamentos.

O sábado (15) deverá ser nublado e chuvoso, com declínio das temperaturas --entre 20 ºC e 26ºC. A continuidade das chuvas pode elevar o risco para alagamentos e deslizamentos de terra na região metropolitana.

Mais Cotidiano