Topo

Sobe para 236 o número de mortos no incêndio de Santa Maria

Reprodução/Facebook
Matheus Rafael Raschen, ex-jogador da seleção brasileira de basquete sub-18, é a 236ª vítima do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS) Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

2013-02-01T01:12:05

01/02/2013 01h12

Morreu na noite desta quinta-feira (31) mais um dos feridos no incêndio da boate Kiss, em Santa Maria (RS). Matheus Rafael Raschen, 20, estava internado em estado grave no Hospital de Pronto-Socorro de Porto Alegre. Com essa morte, subiu para 236 o número de vítimas da tragédia.  

Segundo informações da família, Raschen estava na área externa da boate no momento do incidente, mas decidiu entrar para ajudar alguns de seus colegas que precisavam de socorro. Ainda de acordo com parentes do jovem, ele teve dificuldades de sair do local depois que o tumulto se formou.

Raschen chegou a defender a seleção brasileira nas categorias de base, como o time sub-18. Foi capitão da seleção gaúcha de base e passou por equipes do interior do Estado, como o Corinthians de Santa Cruz do Sul, campeão brasileiro profissional na década de 90. O jovem acabou trocando a carreira no basquete pelos estudos. Ele era estudante de tecnologia em alimentos da Universidade Federal de Santa Maria.

Feridos no incêndio

Outros 70 feridos na tragédia estão em estado crítico e correm risco de morrer, segundo balanço mais recente divulgado pelo Ministério da Saúde. A maioria deles (50) apresenta problemas pulmonares e os demais (20), queimaduras graves. Todos eles, no entanto, ainda respiram com a ajuda de ventilação mecânica. 

Desde domingo (27), de acordo com o ministério, 577 pessoas foram atendidas e 374 tiveram alta. Até o momento, 126 permanecem internadas em hospitais de Santa Maria, Porto Alegre, Caxias do Sul e Ijuí. 

Gabinete de crise

O Ministério da Saúde anunciou, em coletiva de imprensa em Brasília, a criação de um novo gabinete de crise da Força Nacional do SUS em Porto Alegre, que trabalhará em parceria com a equipe já instalada em Santa Maria.

O novo gabinete faz parte da segunda etapa de ações, com alcance até o dia 18 de fevereiro. A partir dessa data, será feita nova avaliação da situação. Também continuará sendo prestado atendimento psicológico às famílias em todos os hospitais em que há pacientes internados. O Centro de Atenção Psicossocial de Santa Maria continuará funcionando 24 horas por dia.
Durante essa segunda fase, 120 profissionais de saúde mental farão contato periódico com os parentes das vítimas.
Incêndio em boate deixa mortos e feridos em Santa Maria
Veja Álbum de fotos

Mais Cotidiano