PUBLICIDADE
Topo

Justiça agenda julgamento de mais dois acusados no caso Eliza Samudio

Carlos Eduardo Cherem

Do UOL, em Belo Horizonte

23/02/2013 09h58

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais divulgou na noite desta sexta-feira (22) a data do julgamento de Elenilson Vitor da Silva e Wemerson Marques de Souza, acusados de sequestrar e manter em cárcere privado o filho de Elisa Samudio, ex-amante do goleiro Bruno. A juíza da vara de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, marcou para 15 de maio o julgamento.

Elenilson e Wemerson aguardam julgamento em liberdade. Eles respondem pelo sequestro e cárcere privado de Bruninho, filho do goleiro e de Eliza Samudio.  A pena prevista para o crime é de um a três de prisão.

Elenilson era caseiro do sítio de Bruno em Esmeraldas, também na região metropolitana da capital mineira, onde mãe e filho foram mantidos antes de Eliza ser levada a morte e o bebê ser levado para Ribeirão das Neves, ainda na região metropolitana de Belo Horizonte.

Wemerson (Coxinha), era amigo e motorista de Bruno, além de diretor do time de futebol 100%, clube patrocinado pelo goleiro. Os dois afirmam que desconheciam o plano para executar Eliza.

Até maio, os sete réus acusados pelo Ministério Público de Minas Gerais por envolvimento no sequestro e morte de Eliza Samudio terão sido julgados. Em 4 de março, o goleiro Bruno Fernandes e sua ex-mulher, Dayane Rodrigues, serão julgados. Em 22 de abril, será a vez do julgamento do ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos (Bola). Luiz Henrique Romão ( Macarrão) e Fernanda Gomes de Castro, amigo e amante do ex-goleiro foram condenados ano passado.

Cotidiano