Topo

Moradores registram em vídeo militares acuados em tiroteio na Maré

Do UOL, no Rio

16/10/2014 15h10

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que dois militares da Força de Pacificação que atua no Complexo de Favelas da Maré, no Rio de Janeiro, se abrigam em um mercadinho durante um tiroteio comunidade Salsa e Merengue, na noite de quarta-feira (15). Os moradores gravaram a ação dos militares, que revidam os tiros de traficantes com um fuzil da porta do comércio.

A ação dura cerca de dois minutos, e é possível ver um militar se protegendo do tiroteio e gritando palavras de ordem. “Sai daí, cara! Está em cima de você! Vai não, fica aqui! Volta para o canto!”, diz uma das vozes. No meio do vídeo, um segundo militar se esconde no mercadinho. Também é possível ver moradores se protegendo e comentando o tiroteio do fundo do estabelecimento.

Em nota, o Comando da Força de Pacificação confirmou que ocorreu um tiroteio na localidade por volta das 23h. Segundo a corporação, não há registro de feridos, e os militares entraram em confronto com facções criminosas na região de Salsa e Merengue durante um patrulhamento a pé. “Na ação, os moradores e os militares eram ameaçados por disparos realizados pelas facções criminosas, conforme presenciado no vídeo em questão, motivando os militares a realizarem tiros de advertência”, diz o texto.

As Forças de Pacificação estão no complexo desde abril. Apesar de ocupada pelos militares, a Maré é palco de tiroteios com frequência. Na terça-feira (14), um militar foi ferido por um tiro de raspão quando fazia patrulhava a pé na Vila do João.

No dia 1º de outubro, um tiroteio também na Vila do João acabou com disparos direcionados à avenida Brasil, importante via do Rio, obrigando motoristas a andar na contramão para se proteger. No mesmo dia, um homem foi morto após uma troca de tiros entre facções rivais na favela chamada Conjunto Esperança, também na Maré.

Mais Cotidiano