Governo do DF cita "crise" e suspende compra de motos BMW para o Detran

Do UOL, em Brasília

  • Divulgação/BMW

    Motocicleta BMW F 800 GS, modelo que seria adquirido pelo governo do Distrito Federal

    Motocicleta BMW F 800 GS, modelo que seria adquirido pelo governo do Distrito Federal

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), determinou a suspensão da compra de 14 motos BMW pelo Detran-DF (Departamento de Trânsito do Distrito Federal). As motos, de modelo BMW F 800 GS, custariam R$ 648 mil ao governo.

Segundo nota enviada pelo governo do Distrito Federal, a decisão de Rollemberg foi tomada após análise do processo de aquisição das motos e de consultas a especialistas que apontaram a possibilidade de que fossem adquiridos veículos de modelo semelhante, a um preço mais barato.

A decisão também foi motivada pela crise financeira do Distrito Federal. "Segundo o governador, é preciso observar as características dos veículos bem como os valores investidos, tendo em vista a atual crise financeira do Distrito Federal", diz o texto da nota.

As motos seriam usadas nas atividades de fiscalização do órgão de trânsito, que tem uma frota de 24 motocicletas. Segundo o Detran, as motocicletas são substituídas ao completarem cinco anos de uso.

O governador também determinou que o processo de compra seja analisado pela Procuradoria Geral do Distrito Federal, órgão de assessoramento jurídico do governo, e que o Detran-DF reavalie as especificações das motocicletas exigidas para a compra, tendo em vista os "princípios de austeridade e economicidade", diz a nota.

A BMW é conhecida por fabricar carros e motos de luxo. Mas o Detran-DF diz ter conseguido economizar R$ 189 mil, em relação ao valor total da compra, por ter adquirido as motocicletas abaixo do valor pelo qual elas são normalmente vendidas.

Segundo informou o Detran, cada veículo desse modelo e marca tem o valor de mercado de R$ 59 mil. O valor já inclui a pintura de identificação nos veículos e equipamentos como sirene, luz intermitente, rádio e baú. Ainda de acordo com o Detran, o modelo tem capacidade para circular em qualquer tipo de terreno.

Na terça-feira (26), reportagem do UOL mostrou que, comparando o preço de motocicletas similares, é possível ver que há modelos mais baratos que a BMW F 800 GS. Veja alguns preços pesquisados pela reportagem com base na tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) disponível no UOL Carros. O preço praticado pelas lojas, no entanto, inclui o frete da moto e costuma ser mais alto:

BMW F 800 GS: R$ 38.625

Honda NC 750 X: R$ 31.108,00

Triumph Tiger 800 XR: R$ 37.810,00

XT 660 Teneré: R$ 32.495,00

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos