"Vin Diesel de Curitiba" vende panos de prato para enfrentar a crise

Colaboração para o UOL, em Curitiba

  • UOL

    A semelhança de Marcos com o ator é tamanha que distribuir autógrafos virou rotina

    A semelhança de Marcos com o ator é tamanha que distribuir autógrafos virou rotina

Uma silhueta de generosos 104 kg e 1,85m desponta todas as manhãs pelos retrovisores de quem passa pelo cruzamento entre a avenida Presidente Getúlio Vargas e a rua Ângelo Sampaio, em Curitiba.

De óculos escuros e cabeça raspada, Marcos Aparecido Salvo, 37, posa em frente à janela dos motoristas com nada mais que um maço de panos de prato debaixo do braço.

"Não está fácil para ninguém", diz o autônomo, que ganhou o apelido carinhoso de "Vin Diesel de Curitiba".

A semelhança de Marcos com o popular ator norte-americano da série "Velozes e Furiosos" é tamanha que distribuir autógrafos virou rotina para o carismático personagem.

"Tem gente que para o carro e desce apenas para tirar uma foto e pedir até autógrafo, e não para comprar a mercadoria, infelizmente", comenta o também ex-instrutor de academia.

UOL e Getty Images
À esquerda, o curitibano Marcos; à direita, o verdadeiro Vin Diesel

A popularidade de Marcos começou a crescer a partir do ano passado, quando sites de entretenimento da capital redescobriram o aspirante a sósia.

"Ganhei esse apelido há 10 anos, quando comecei a treinar. Meu instrutor disse: 'você parece com o ator do Velozes e Furiosos!'", conta Marcos, que até então desconhecia o astro hollywoodiano.

Ele trabalha pela manhã já há dois anos nos semáforos do bairro Água Verde e, à tarde, ajuda sua esposa junto de confecções para o Bruna Godoy Doces Finos.

"Costumo ficar das 9h às 13h por aqui. Depois, faço compras para que minha mulher possa dar conta das encomendas".

Vender panos de prato foi a saída que Marcos encontrou para enfrentar a crise. "O padrasto da minha mulher trabalhava com isso. Foi assim que comecei", explica.

Há quem o chame de "Vin Diesel falido" ou faça também "propostas indecentes", como ele mesmo diz. O jeito é enfrentar os burburinhos com maturidade, "levar tudo numa boa".

"Não é fácil dar a cara a tapa, enfrentar sol e chuva e ainda ouvir comentários maldosos. Mas o carinho das pessoas é uma recompensa", diz.

Sonhos

A repercussão gerada pela mídia sobre a semelhança de Marcos com Vin Diesel é motivo de inspiração para o curitibano.

Apesar de carregar sobre as largas costas o apelido já por uma década, o vendedor começou a sentir o peso de sua crescente popularidade somente agora.

A versão paranaense do ator que deu vida também ao icônico personagem Riddick, porém, ainda não colheu fruto algum devido ao seu carisma e aparência física.

"O reconhecimento é grande, mas financeiramente as coisas continuam iguais", lamenta.

Marcos, que está à procura de um emprego como motorista particular, decidiu apostar em um novo ramo: "espero que toda a repercussão possa impulsionar essa minha carreira como sósia."

Vin Diesel amou o Brasil. Saiba o que chamou a atenção do ator

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos