Topo

Após ocupação da PM, Alcaçuz tem culto realizado por detentos

20.jan.2017 - Após seis dias de confronto, Alcaçuz está em aparente tranquilidade com realização de culto entre os detentos - Beto Macário/UOL
20.jan.2017 - Após seis dias de confronto, Alcaçuz está em aparente tranquilidade com realização de culto entre os detentos Imagem: Beto Macário/UOL

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, de Nísia Floresta (RN)

20/01/2017 13h56

No sexto dia após as mortes na penitenciária de Alcaçuz, os presos se mantêm mais calmos do que nos dias anteriores que sucederam o massacre de 26 detentos.

Com a polícia dentro da unidade desde o fim da tarde desta quinta-feira (19), apenas detentos que participaram de um culto podiam ser vistos no pátio da unidade nesta sexta-feira (20).

Os integrantes de grupos que se digladiaram no pátio de Alcaçuz nessa quinta-feira permaneceram nos pavilhões, não saíram à área externa, nem subiram nos telhados do presídio.

20.jan.2017 - Mulheres de presos mandam donativos para detentos em Alcaçuz - Beto Macário/UOL
20.jan.2017 - Mulheres de presos mandam donativos para detentos em Alcaçuz
Imagem: Beto Macário/UOL

Segundo familiares de presos que estão na porta da unidade, o clima em Alcaçuz está mais calmo do que nos dias anteriores. Não houve relato de confrontos.

Nesta sexta, mulheres conseguiram, pela primeira vez, entregar comida para os presos. Elas tentavam enviar os donativos desde a rebelião do sábado (14).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cotidiano