Por segurança, Vale suspende viagens de trem de passageiros entre MG e ES

Rayder Bragon

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

  • Vale/Divulgação

    A Vale é dona do único trem de passageiros diário do país

    A Vale é dona do único trem de passageiros diário do país

A Vale anunciou nesta segunda-feira (6) a suspensão temporária das viagens do trem de passageiros que liga Belo Horizonte a Cariacica, na grande Vitória, no Espírito Santo. A paralisação será feita a partir desta terça-feira (7).

A medida, segundo a empresa dona do único trem de passageiros diário do país, visa a segurança dos usuários e dos empregados que atuam no interior da composição e nas estações situadas no Espírito Santo. A medida se deu na esteira da greve deflagrada pela Polícia Militar capixaba, que entrou no seu terceiro dia. Sem PMs nas ruas, o Estado já contabiliza 62 homicídios.

Conforme a assessoria da empresa, o trem transporta anualmente, em média, um milhão de pessoas.

Em nota, a Vale informou que o trem irá percorrer apenas o trajeto de Belo Horizonte até a cidade de Governador Valadares [311 km de Belo Horizonte – leste de Minas Gerais] De lá, ele retorna para a capital mineira.

A companhia condicionou o retorno das viagens à normalização da situação no Espírito Santo.

Conforme o boletim, a empresa informou que 'tão logo a situação se normalize, a circulação do trem de passageiros será retomada como ocorre habitualmente".

Ainda de acordo com a nota, a Vale lamentou "quaisquer transtornos causados aos passageiros, mas ressalta que a decisão de suspender o serviço visa tão somente a garantir a segurança dos seus passageiros e empregados".

Por fim, a mineradora informou que os usuários com viagem marcada para amanhã poderão remarcar o bilhete ou pedir o reembolso do valor gasto com a passagem.

O prazo para isso é de 30 dias e os interessados podem solicitar esse serviço em qualquer das estações de trem situadas em Minas Gerais ou no Espírito Santo.

Cariacica suspende serviços

A Prefeitura de Cariacica informou que os todos os serviços públicos foram suspensos a partir das 14h desta segunda-feira (6).

Em nota, a administração municipal informou que a retomada será feita 'assim que as condições de mobilidade e de segurança da população e dos usuários dos serviços estiverem garantidas".

O informe ainda traz que o prefeito vai se reunir com o governador do Estado em "busca de soluções concretas" para tentar retomar a normalidade do cotidiano dos moradores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos