PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Peruano é preso com cocaína escondida em latas de cerveja no aeroporto de Cumbica

Divulgação/PF
Imagem: Divulgação/PF

Demétrio Vecchioli

Colaboração para o UOL

04/07/2017 10h49

Um peruano de 43 anos foi preso no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, tentando embarcar de volta para o seu país com cocaína escondida em diversas latas de cerveja. No total, a operação da Polícia Federal apreendeu 8 quilos da droga só com esse traficante internacional, no domingo. Na segunda-feira, outros dois estrangeiros foram presos também tentando deixar o país com cocaína.

De acordo com a PF, no domingo policiais notaram que uma das malas despachadas em um voo para Lima tinha algo suspeito. Localizado pelos servidores da PF, o peruano foi conduzido à delegacia que fica dentro do aeroporto. Lá, a mala foi aberta e foram encontradas não apenas latas de cerveja, mas também embalagens de outros produtos alimentícios com cocaína - como molhos de tomate.

PF aprende cocaína em latas de cerveja em Cumbica - Divulgação/PF - Divulgação/PF
Imagem: Divulgação/PF

O homem foi preso em flagrante e conduzido a um presídio estadual, onde permanecerá à disposição da Justiça. Ele irá responder por tráfico internacional de drogas.

O caso, porém, está longe de ser isolado. Na segunda-feira, mais dois estrangeiros foram presos no Aeroporto de Guarulhos com drogas nas suas bagagens. Um deles, um colombiano, que estava viajando para Addis Ababa, na Etiópia. Na alfândega, ele disse ser negociador de cães, mas deixou claro saber pouco sobre o assunto. A PF submeteu a bagagem dele ao espectrômetro de massa, que identificou contaminação por cocaína. Havia 4kg da droga, distribuídos em oito volumes, dentro de duas mochilas para computadores.

O outro homem preso na segunda-feira em Guarulhos é um nigeriano, que vivia no Brasil após ter solicitado refúgio. Com ele, os peritos federais encontraram, nas palmilhas dos tênis e enrolados na calça, um total de 2kg de cocaína. A droga, segundo o nigeriano, iria para o Togo.

Só no primeiro semestre, a Polícia Federal já apreendeu no Aeroporto Internacional de São Paulo mais de uma tonelada de drogas, prendendo 167 pessoas por tráfico. É um aumento expressivo na comparação com o ano passado, quando 123 pessoas foram presas no mesmo período, portando 880kg de drogas.

Cotidiano