Sobrevivente de acidente em que sertanejo morreu tem parte da perna amputada

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

    Cantor sertanejo Fernando Ferraz Barbosa morreu em acidente de trânsito que envolveu mais três pessoas. Apenas um sobreviveu

    Cantor sertanejo Fernando Ferraz Barbosa morreu em acidente de trânsito que envolveu mais três pessoas. Apenas um sobreviveu

Único sobrevivente do grave acidente que envolveu o carro do cantor sertanejo Fernando Barbosa e duas motocicletas em Itatiba, interior de São Paulo, na madrugada do último sábado, Valnir Monteiro Júnior segue internado na Santa Casa da cidade.

UOL apurou que ele teve amputada parte da perna esquerda, acima do joelho. O jovem, que pilotava uma moto modelo Pop 110 no momento da colisão, chegou ao hospital em estado gravíssimo, mas se recupera bem e já foi transferido para o quarto. 

O acidente ocorreu no km 27 da rodovia Alkindar Monteiro Junqueira, na altura de  Itatiba. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual, Fernando Barbosa trafegava em seu Hyundai i30 quando invadiu a faixa contrária e acertou duas motos.

Valnir Júnior sobreviveu, mas Fernando Uchoa e Wallacy Dias, ambos de 18 anos, piloto e passageiro de uma moto modelo CG, morreram no local, assim como o cantor. Segundo a polícia, não há indícios de que Fernando estivesse sob o efeito de álcool quando perdeu o controle do automóvel, mas o laudo oficial do acidente ainda não foi emitido.

Vaquinha para o enterro

Vítimas fatais do acidente, Fernando e Wallacy foram sepultados no último domingo no Cemitério de Itatiba. Comerciantes e moradores do bairro Fonte Nova, na região do acidente, se mobilizaram a ajudar a família dos dois, de origem humilde, a arcar com os custos da cerimônia.

"Toda a comunidade ajudou a fazer. A maioria das pessoas mora aqui no bairro há muito tempo, são conhecidos há muitos anos já. Até pessoas de fora começaram a ligar para ajudar. Foi uma comoção muito grande", disse o dono de uma loja na região.

Outro fator que une os moradores do bairro, especialmente os jovens, é um antigo clube de campo que hoje é um condomínio. Os três motociclistas frequentavam o local, e muitos de seus amigos manifestaram luto pela perda repentina de Wallacy e Fernando nas redes sociais. "O clube nunca mais será o mesmo", postou um rapaz. "Vão fazer falta, irmãos. E Ju (como Valnir é  chamado), fé em Deus que você vai sair dessa", comentou outra jovem.

Irmã de sertanejo desabafa

Fernando Barbosa também foi enterrado no último domingo. Seu velório "parou" Tuiuti, cidade de sua família. "Quando deu meio-dia, tava todo mundo com as portas fechadas", relata Herbert Oliveira, amigo e antigo produtor do cantor.

Num post no Facebook, Ana Ferraz, irmã de Fernando, saiu em sua defesa após se incomodar com comentários que leu na internet que o apontavam como responsável pela tragédia.

"Estão tentando denegrir a imagem do meu amado irmão Fernando Ferraz Barbosa, que nos deixou neste último final de semana num terrível acidente, chamando-o de cantorzinho baladeiro, e outras calúnias que nem vale a pena repetir", escreveu.

"Para essas pessoas só tenho a lamentar pois, se estão sofrendo por sua perda, meus pais e eu também estamos sofrendo e muito, sem contar os amigos e uma cidade inteira onde ele cresceu. Procurem saber a verdade antes de julgar uma pessoa sem a conhecer espalhando informações que ninguém sabe ainda se são verdadeiras", acrescentou ela.

Ana Ferraz ainda relatou que o irmão conciliava a carreira de cantor, retomada em 2016 para formar uma dupla com o amigo de infância Gusttavo Braga, com a de administrador de empresas. "Fernando sempre foi uma pessoa muito responsável em tudo que fez e muito amado por todos que tiveram o privilégio de ter sua amizade. Peço a Deus que conforte todas as famílias e amigos envolvidos nessa tragédia", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos