Mulher que estava grávida de gêmeos diz que um bebê sumiu após parto na Bahia

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Fábio Roberto Notícias

    Grávida de gêmeos, Cleidiane dos Santos só recebeu uma criança depois do parto

    Grávida de gêmeos, Cleidiane dos Santos só recebeu uma criança depois do parto

Uma jovem acusa uma maternidade de Ilhéus, no litoral sul da Bahia, do sumiço de um de seus dois filhos recém-nascidos. De acordo com depoimento prestado à polícia, Cleidiane Silva dos Santos estava grávida de gêmeos, mas só recebeu uma criança depois do parto.

A jovem de 22 anos foi à Maternidade Santa Helena, do Hospital São José, no dia 24 de junho para dar a luz a seus filhos gêmeos, Laercio Antony e Bryan Antony. Quando estava na sala de parto, à espera da operação, uma cesariana, sofreu um mal-estar e só se recuperou depois.

No dia seguinte, Cleidiane recebeu apenas um bebê, quando esperava por dois. Segundo seu depoimento à polícia, ela perguntou ao enfermeiro onde estava o outro, mas ele disse que havia apenas um.

De acordo com a delegada Andréia Oliveira, responsável pelo caso, Cleidiane contou ainda que uma enfermeira afirmou que o médico que fez a operação teria tirado uma foto para provar que havia apenas uma criança. A mãe, porém, não teve acesso à imagem.

"Cleidiane também contou que, quando chegou à maternidade, no dia 24, uma enfermeira ouviu o coração dos dois bebês e disse que estava tudo bem com ambos", afirma a delegada, em entrevista ao UOL. A jovem, no entanto, tem poucas lembranças da hora do parto por causa do mal-estar. "Durante o procedimento, ela passou mal, até chegou a vomitar. Agora, estamos esperando o prontuário médico."

Uma ultrassonografia feita na Clínica Radiológica de Ilhéus (CRI) no dia 3 de junho, quando Cleidiane estava com 37 semanas de gestação, endossa a versão da jovem. O exame mostra dois fetos, um com peso provável de 3,1 kg e outro, com 2,8 kg, além de outros detalhes, como circunferência abdominal e comprimento do fêmur.

Reprodução/Fábio Roberto Notícias
Ultrassonografia feita no dia 3 de junho endossa a versão de Cleidiane

Cleidiane registrou o boletim de ocorrência na última quinta-feira (6). No dia seguinte, a delegada enviou uma equipe para averiguação, que foi ao hospital na presença da mãe. Os oficiais, no entanto, não encontraram a equipe responsável pelo parto.

Como ainda não recebeu uma resposta do São José, a delegada enviou na tarde de segunda (10) um ofício que intima o diretor do hospital, o médico responsável e os enfermeiros que participaram do parto, a compareçam à delegacia para prestar depoimento.

"O hospital tem de explicar se tinha um ou dois bebês. E, se havia dois, tem de contar o que aconteceu com o outro, onde ele está", afirma Andréia Oliveira. "Isso tudo está, no mínimo, muito estranho."

A reportagem não conseguiu entrar em contato com o Hospital São José até o fechamento da matéria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos