Roubo a banco termina em confronto com polícia na Bahia; cinco suspeitos morrem

Wanderley Preite Sobrinho

Colaboração para o UOL

  • Divulgação/Secretaria de Segurança Pública da Bahia

    Polícia Militar fez apreensão em casa após confronto com suspeitos em Juazeiro (BA)

    Polícia Militar fez apreensão em casa após confronto com suspeitos em Juazeiro (BA)

Cinco suspeitos de participarem de um roubo a banco morreram nesta terça-feira (1) após um tiroteio com policiais militares em Juazeiro, região norte da Bahia. O grupo estava na mira da polícia desde a madrugada do último sábado (29), quando explodiram o cofre central de uma agência do Banco do Brasil em Sobradinho, a 550 quilômetros de Salvador, fizeram um refém e balearam um homem de 43 anos durante a fuga.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o confronto ocorreu no final da manhã desta terça depois que uma denúncia anônima indicou o esconderijo do grupo em uma chácara no Jardim Flórida, ainda na zona urbana da cidade. Era de lá que os criminosos planejaram o ataque de sábado. Eles pretendiam fazer o mesmo a uma agência bancária em Sento Sé, município a 700 km de Salvador.

O tenente-coronel Jaime Malvar Filho afirma que os policiais fizeram uma campana nos arredores do imóvel e conseguiram prender dois dos integrantes do grupo em um veículo Gol.

"Fizemos a revista e encontramos apenas algumas máscaras escondidas no carro, mas eles confessaram que havia armas na chácara". As equipes, então, invadiram o terreno ao lado da dupla. "Mas foram surpreendidas com tiros pelo restante do grupo", contou Malvar Filho.

No confronto, cinco membros da quadrilha acabaram mortos: Cleyton Alves Tenório, Weslley Aguiar de Oliveira, João Augusto Leal do Vale, Júlio Carlos Pereira Rocha e um homem ainda não identificado. De acordo com a SSP-BA, "todos foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos". Outro suspeito, Robério Alves de Oliveira, foi preso. A polícia acredita que parte do bando conseguiu fugir.

No imóvel foram apreendidas várias unidades de emulsão para explosivos com espoletas acopladas, três fuzis, uma pistola 9 milímetros, dois revólveres e munições compatíveis com estes armamentos. Foram ainda encontradas diversas placas de carro, quatro coletes balísticos e 200 "miguelitos", instrumentos pontiagudos utilizados para furar pneus e provocar atraso na chegada do reforço policial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos