PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Carro cai de viaduto de acesso ao aeroporto de Viracopos e mata duas pessoas

26.ago.2017 - Motorista e passageira se dirigiam ao setor de embarque - Denny Cesare/Codigo19/Folhapress
26.ago.2017 - Motorista e passageira se dirigiam ao setor de embarque Imagem: Denny Cesare/Codigo19/Folhapress

Fabiana Marchezi

Colaboração para o UOL, em Campinas

26/08/2017 10h03Atualizada em 26/08/2017 14h59

Duas mulheres morreram quando o carro delas caiu de um viaduto de acesso ao aeroporto de Viracopos, na região de Campinas, em São Paulo. O acidente ocorreu por volta das 7h15 deste sábado (26), segundo a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos.

A Polícia Civil informou que Maria Érbia Cássia Carnaúba, 32, e Carolina Blasio da Silva, 33, estavam prestes a estacionar o carro. Mas, em vez de parar, o veículo teria acelerado e rompido a barreira de proteção do viaduto e caído sobre outra via.

A concessionária do aeroporto afirmou inicialmente que o ponto do viaduto onde o acidente aconteceu teria 30 metros de altura. Mas mais tarde a Polícia Civil corrigiu a informação e disse que o veículo teria caído de uma altura aproximada de 15 metros.

Equipes de resgate foram acionadas, mas não houve tempo de socorrer as vítimas. Não houve registro de feridos. A operação do aeroporto não foi afetada pelo acidente. O caso está sendo investigado pela polícia.

Quem são as vítimas?

As duas tinham ligação com o Departamento de Filosofia do IFCH (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). A professora Maria Érbia acompanhava a estudante Carolina no aeroporto, que embarcaria em um voo para Juiz de Fora (MG) para encontrar seus pais.

Ela morava com o marido e a filha na Alemanha, e veio ao Brasil para defender sua tese de doutorado na Unicamp, que ocorreu na noite de sexta-feira (25).

A docente Maria Érbia também concluiu seu doutorado na Unicamp em janeiro deste ano. Era graduada em licenciatura plena em filosofia pela Unesp de Marília e fez o bacharelado na Unicamp. Ela também já lecionou Filosofia na rede pública e privada, nos ensinos médio e superior. A família dela mora em Sumaré. Em seu perfil no Facebook, amigos e conhecidos lamentaram a tragédia.

A mãe de Carolina, Denise Blasio, se manifestou pelo Facebook. "Minha filha querida acaba de falecer num triste acidente de carro no aeroporto de Campinas. Um momento feliz que concluiu seu doutorado e vinha para minha casa comemorar num almoço, acabou o sonho, acabou um pedaço de mim. Carol minha florzinha minha filhinha linda e sua amiga Maria agora são estrelas. Aviso aos amigos esse trágico acidente. Estou sem acreditar", escreveu. 

Em nota, a Unicamp lamentou as mortes. "É com profunda consternação que a Unicamp recebe a notícia do falecimento da professora e da estudante. A universidade e a comunidade acadêmica lamentam profundamente o acidente se solidarizam com familiares e amigos das vitimas", informou o comunicado.

Cotidiano