Violência em São Paulo

Empresário é atropelado e espancado por agente penitenciário e sua família em bairro nobre de SP

Do UOL, em São Paulo

Um empresário de 40 anos foi perseguido, atropelado e espancado, na noite do último domingo (29), por um agente penitenciário, de 25 anos, no Morumbi, zona oeste da São Paulo. Imagens reveladas pelo SBT mostram a agressão. O agressor foi ajudado por seu pai e por sua mãe, que é policial militar.

Dono de uma loja de carros, Aparecido Camacho tinha saído do trabalho quando tudo aconteceu. Ele está internado, com hematomas no rosto. À família, ele disse que achou que seria assaltado e que tentou correr ao ver uma arma.

Segundo a Polícia Civil, o agente penitenciário Thiago Volcov dos Santos contou com a ajuda do pai, Eduardo dos Santos, que atropelou o empresário, e da mãe, a policial militar Margarete de Araújo dos Santos, que chegou a atirar para o alto durante a ação.

Cristiane Camacho Silva, irmã do empresário, afirmou ao SBT que, "depois do pai ter atropelado, a mãe ficou acobertando". "Enquanto ele espancava o meu irmão, ela apontava a arma para o meu irmão", afirmou.

Para o delegado Antonio Sicupira Neto, "nada justifica essa violência, esse atropelamento da vítima, essa agressão física". "Até nós, policiais civis, ficamos perplexos com esse tipo de reação", disse.

Pai e filho foram presos em flagrante por tentativa de homicídio. A PM teve a arma recolhida e será investigada por abuso de autoridade. Os três alegaram que o motorista "estava muito louco", mas não comentaram aos policiais sobre as agressões.

A SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) informou que o agente preso estava em período de estágio e poderá perder o cargo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos