PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Tiroteios no Complexo da Maré, no Rio, deixam mais de 14 mil alunos sem aula

Do UOL, no Rio

28/11/2017 12h17

Mais de 14 mil alunos da rede municipal ficaram sem aulas na manhã desta terça-feira (28) por conta de tiroteios na região do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, as atividades foram suspensas em 18 escolas, sete creches, 13 EDIs (Espaços de Desenvolvimento Infantil) e um Ceja (Centro de Educação de Jovens e Adultos).

Nas redes sociais, há registros de confrontos armados em pelo menos quatro comunidades da Maré: Vila do Pinheiro, Vila do João, Salsa e Merengue e Conjunto Esperança.

Veja também

O serviço Fogo Cruzado, que faz um mapeamento não oficial de tiroteios na cidade por meio do Twitter e do Facebook, informou que os disparos na região começaram por volta de 6h30 desta terça.

Há relatos ainda não confirmados pela Polícia Civil de que a Dcod (Delegacia de Combate às Drogas) realizaria uma operação nas localidades.

Na segunda-feira (27), uma ação da Polícia Militar na Maré durou quase dez horas. O COE (Comando de Operações Especiais), que reúne as divisões de elite da corporação, informou que o saldo das incursões foi a apreensão de aproximadamente duas toneladas de drogas, um fuzil AK 5.56, duas granadas e uma pistola calibre .45. Um suspeito foi detido.

Cotidiano