Vítima liga para amiga durante estupro, e polícia prende homem em flagrante

Wanderley Preite Sobrinho

Colaboração para o UOL

  • Divulgação/Polícia Civil

    Mesmo baleado, homem fugiu para uma praia e só se rendeu ao ser preso dentro da água

    Mesmo baleado, homem fugiu para uma praia e só se rendeu ao ser preso dentro da água

A Polícia de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, conseguiu prender um homem suspeito de estupro graças a uma ligação telefônica feita pela própria vítima durante o ato, ocorrido na tarde de segunda-feira (15). Levada para um matagal, a mulher de 26 anos conseguiu alcançar o celular e fazer uma ligação para uma amiga do trabalho. Assustada com as palavras obscenas que ouviu, a colega foi até a delegacia da cidade e fez a denúncia.

Ao UOL, o 166ª Departamento de Polícia (DP) confirmou que a jovem voltava da academia em sua bicicleta quando foi parada por Roberto Carlos Vieira da Silva, 26, que estava armado. Ela foi levada para um matagal no bairro Pontal. Lá, o homem roubou a vítima e iniciou o estupro.

Durante o ato, a mulher conseguiu acessar o celular e fazer a ligação. Uma amiga do trabalho atendeu, mas não ouviu resposta. No lugar, escutou palavras obscenas ditas por um homem. Desconfiada, ela foi direto para a delegacia, onde registrou a denúncia.

Leia mais

Família cerca e mata vizinha a facadas por causa de vaga de emprego, diz polícia

Flanelinha é morto por PM após insistir em jogar água no para-brisa de carro no Rio

Homem escala casa e salva garoto de 7 anos de incêndio no RS; assista

De acordo com o DP, os oficiais suspeitaram imediatamente de violência sexual. Eles embarcaram na viatura com a colega e refizeram o caminho entre a academia e a residência da vítima. No trajeto, notaram uma região pouco frequentada no Pontal e decidiram procurar ali.

Primeiro, os policiais encontraram a bicicleta da jovem caída no chão. Mais adiante, à beira de uma rua, os agentes flagraram a vítima andando ao lado de Silva, imediatamente abordado. Ao tentar fugir, o homem atirou contra os policiais, que revidaram com um tiro que atingiu a perna direita.

Mesmo baleado, o suspeito pulou o muro de um condomínio residencial e mergulhou em uma praia. Os policiais também se atiraram ao mar e efetuaram a captura. Preso em flagrante, o homem foi autuado por estupro e tentativa de roubo. Mas não serão os únicos crimes a que responderá.

"Foi encontrada em sua bolsa uma razoável quantidade de drogas", informou a polícia. "Ele também foi autuado por tentativa de homicídio contra os policiais que o perseguiram e ainda por tráfico de drogas."

O homem, que já tinha passagem pela polícia por furto, foi levado para o Hospital Geral da Japuíba, onde está sob custódia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos