Travestis são insultadas em bar e ateiam fogo em carro de homem em Santos (SP)

Wanderley Preite Sobrinho

Colaboração para o UOL

Uma briga em um bar terminou com o carro de um homem queimado por quatro travestis e duas garotas de programa na manhã desta quinta-feira (18) em Santos, litoral de São Paulo. De acordo com a Delegacia da Infância e Juventude, a briga começou depois de um bate-boca.

Ao UOL, a polícia informou que o homem recebeu uma cantada de uma das travestis em um bar. Irritado, ele respondeu com insultos de gênero. Imediatamente, outras colegas se juntaram ao grupo e cobraram satisfação do rapaz, que fugiu.

Leia mais

Por volta das 7h da manhã, as quatro travestis e duas garotas de programa decidiram se juntar para destruir o carro que o homem deixou estacionado em frente ao estabelecimento. "Apenas uma travesti é maior de idade. As outras três e as duas mulheres são menores", informou o plantão da delegacia à reportagem.

O grupo subiu no teto do veículo, amassou o capô, quebrou os vidros e arrancou uma das portas antes de atear fogo no carro. Como o caso aconteceu na rua João Pessoa, a mais movimentada do centro, o trânsito ficou congestionado até as 8h40, quando a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) liberou a pista.

Acionada, a Polícia Militar encaminhou o grupo para a Delegacia da Infância e Juventude em razão da idade das envolvidas. "Elas vão responder ao processo em liberdade porque a tipificação penal deste tipo de ocorrência não permite detenção."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos