Jovem manda áudio ao pai durante abuso sexual em SP: "tio está tentando me estuprar"

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

  • Reprodução

Um homem de 25 anos foi preso acusado de estuprar a sobrinha adolescente na noite desta quinta-feira (22) em Taubaté (SP). Durante o abuso sexual, que foi consumado de acordo com relato da polícia ao UOL, a menina enviou áudio pedindo socorro ao pai. O suspeito tentou fugir, mas foi preso logo em seguida.

Durante o crime, a jovem de 15 anos entrou em contato com o pai, que não estava em casa, através do aplicativo de celular Whatsapp. "Socorro, o tio está tentando me estuprar", dizia o áudio da menina, com voz de desespero.

Leia também

De acordo com a polícia, a adolescente tentou se salvar de todas as formas do irmão de seu pai enquanto o seu responsável não chegava ao local. Depois do abuso, o acusado fugiu.

Ele foi encontrado na mesma noite pela Polícia Militar. Ao ser capturado em flagrante, o homem, de identidade não revelada, se justificou falando que é usuário de drogas e dependente de álcool.

À reportagem, a polícia informou ainda que ele não conseguiu efetuar o ato sexual, mas praticou o estupro segundo a lei. O artigo, alterado em 2009, identifica este tipo de crime como "constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso".

O homem está detido na Delegacia de Defesa da Mulher de Taubaté e aguarda por audiência de custódia.

O suspeito pode pegar de oito a 12 anos de prisão. Segundo o Código Penal, a pena por estupro vai de seis a dez anos, mas o fato de a vítima ter entre 14 e 18 anos faz com que a condenação aumente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos