PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Avião que caiu no Campo de Marte, em São Paulo, é retirado da pista

Do UOL, em São Paulo

30/07/2018 16h47

O avião de pequeno porte que caiu na noite do domingo no Campo de Marte, zona norte de São Paulo, está sendo retirado da pista do aeroporto nesta segunda-feira (30). O local está fechado para pousos e decolagens e só deve reabrir às 19h. O heliponto está operando normalmente.

Os destroços da aeronave serão colocados em um hangar particular dentro do próprio Campo de Marte.

Durante a tarde, peritos atuavam no local para investigar as causas do acidente, coletar dados a partir de fotografias, peças da aeronave, documentos e relatos de testemunhas. O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) informou que investigadores do Seripa 4 (Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) tentam coletar dados a partir de fotografias, peças da aeronave, documentos e relatos de testemunhas.

Sete pessoas estavam a bordo da aeronave quando o acidente aconteceu. Antes de aterrissar, a aeronave arremeteu duas vezes, segundo relatos de testemunhas. Ao tocar a pista, o avião caiu para o lado esquerdo, colidiu com o solo e se arrastou com as rodas para cima, explodindo em seguida. Consta do registro da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que o avião, um bimotor turbo-hélice, foi fabricado em 2008 pela Hawker Beechcraft, e tinha capacidade para sete passageiros. A aeronave estava em situação regular de operação.

O piloto, Antonio Traversi, morreu no local do acidente. Outras seis pessoas que estavam a bordo estão internadas em hospitais da capital paulista e não correm risco de morte. Veja o estado de saúde dos sobreviventes:

  • Nereu  Denardi, dono da Videplast, está internado no hospital do Mandaqui em condições estáveis de saúde;
  • Geraldo Denardi, dono da Videplast, está internado no Hospital Santa Isabel, aos cuidados do grupo de trauma;
  • Enzo Denardi, filho de Nereu, também está internado no Hospital Santa Isabel sob cuidados do grupo de trauma;
  • Aguinaldo Nunes, funcionário da Videplast, está internado no hospital São Camilo, em estado estável;
  • Agnaldo Crippa, funcionário da Videplast, está internado no HSANP em estado estável;
  • Benê Souza foi levado para o Hospital das Clínicas de helicóptero e está internado com estado de saúde estável.

Bombeiros tentam resgatar vítimas após queda

UOL Notícias

Cotidiano