PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Homem é preso acusado de forjar acidente para esconder assassinato da mulher

Renan Prates

Colaboração para o UOL

14/08/2018 18h47

Um homem de 30 anos foi preso nesta terça-feira (14) suspeito de ter forjado um acidente de carro para esconder o assassinato da mulher em Matupá, Mato Grosso. Após ambos desaparecerem na última sexta-feira (10), Itacir Lopes da Silva compareceu nesta segunda-feira (13) a um hospital da cidade, dizendo que Lucimar Sousa de Oliveira havia morrido após a batida, e que não se lembrava de como tudo aconteceu. 

Ao UOL, a Polícia Civil informou que Silva foi atendido pelos médicos e depois liberado para prestar esclarecimentos na delegacia. No entanto, o delegado responsável pelo caso informou que ele usou falas "desconexas e contraditórias", sem colaborar com informações sobre o ocorrido.

A perícia não encontrou no local onde a motocicleta foi localizada, nem no corpo da vítima, qualquer sinal do acidente automobilístico informado pelo suspeito. A partir da identificação de arranhões no corpo da mulher que, na visão policial, pode ser uma prova de que houve luta corporal, a prisão de Silva foi decretada.

Leia mais:

A irmã de Lucimar, Ivonete Sousa de Oliveira, chegou a registrar um boletim de ocorrência relatando que não sabia do paradeiro do casal desde a última quarta-feira (8). À polícia, Ivonete contou que o casal deixou os filhos aos cuidados de uma amiga, com a alegação de que iriam buscar uma encomenda de roupas. Desde então, não foram mais encontrados juntos.

De acordo com relatos de familiares, a vítima já havia reclamado em ocasiões anteriores do comportamento agressivo e ciumento do homem.

Ainda nesta terça, Silva aguardava para ser submetido ao exame de corpo de delito. 

Cotidiano