Topo

Mineradora aciona sirene por engano em distrito ameaçado por barragem em MG

Luciana Quierati/UOL
Alerta para o caso de emergência aos moradores do distrito de Barra Feliz, em Santa Bárbara (MG), ao lado da igreja de Nossa Senhora da Conceição Imagem: Luciana Quierati/UOL

Luciana Quierati

Do UOL, em Barão de Cocais (MG)

2019-05-25T15:06:45

25/05/2019 15h06

A mineradora AngloGold Ashanti acionou por engano hoje duas sirenes de emergência em Barra Feliz, distrito de Santa Bárbara, um dos três municípios em alerta com a ameaça de rompimento da barragem da mina de Gongo Soco pertencente à Vale.

A empresa, por meio de sua assessoria de imprensa, disse ao UOL que o disparo durou apenas três segundos e que enviou uma equipe de imediato à comunidade para informar o erro e tranquilizar os moradores.

Informou ainda que o erro ocorreu durante um treinamento, porque disponibilizou, a pedido da Defesa Civil do estado, seu sistema de emergência para ajudar na comunicação da comunidade do distrito em caso de rompimento da barragem.

O acionamento teria ocorrido pouco depois de a reportagem do UOL passar pelo distrito na manhã de hoje. Apesar da ameaça, os moradores acreditam que a lama de rejeitos não vá chegar ao local caso a estrutura se rompa.

A mineradora pediu desculpas. "A AngloGold Ashanti pede desculpas à população pelos transtornos e reforça que todas as suas Barragens estão estáveis e não apresentam riscos. A empresa reafirma seu compromisso junto à comunidade de sempre estar à disposição para colaborar".

A AngloGold possui sete barragens de rejeitos no Brasil, localizadas em Minas Gerais e Goiás. Em Minas elas ficam em Nova Lima, Sabará e Santa Bárbara.

Helicóptero sobrevoa área sob risco em Barão de Cocais

UOL Notícias

Mais Cotidiano