Topo

Número de mortos em Brumadinho chega a 242; IML identifica outra vítima

Bombeiros durante o trabalho de buscas em Brumadinho - Eduardo Anizelli/Folhapress
Bombeiros durante o trabalho de buscas em Brumadinho Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress

Wellington Ramalhoso

Do UOL, em São Paulo

25/05/2019 16h06

Exatos quatro meses depois da tragédia de Brumadinho, o IML (Instituto Médico Legal) de Minas Gerais confirmou hoje a identificação de mais uma vítima do rompimento da barragem da Vale. Trata-se de Rogerio Antonio dos Santos.

A informação foi confirmada pela Polícia Civil no começo da tarde. Com isso, subiu para 242 o número de mortos.

Em boletim divulgado mais cedo, a Defesa Civil informou que havia 29 desaparecidos. Com a nova identificação, este número cai para 28.

Em 25 de janeiro, a barragem do Córrego do Feijão, no distrito do mesmo nome, em Brumadinho, se rompeu. A lama formada por rejeitos de mineração provocou destruição em uma grande área do município, atingiu outras comunidades e o rio Paraopeba, afluente do rio São Francisco.

Bombeiros ainda fazem buscas na área. De acordo com a Defesa Civil, 137 pessoas permanecem desabrigadas.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais já homologou acordos de indenizações individuais a vítimas do rompimento da barragem. Este tipo de acordo preocupa, no entanto, o Ministério Público, que defende a realização de negociações coletivas.

Veja o caminho percorrido pela lama da barragem de Brumadinho

UOL Notícias

Mais Cotidiano