Topo

Pai e filha morrem em casa em Campos do Jordão; suspeita é vazamento de gás

Campos do Jordão tem baixas temperaturas às noites e no inverno. Polícia avalia aquecedor do apartamento onde empresário e filha morreram - Débora Costa e Silva/UOL
Campos do Jordão tem baixas temperaturas às noites e no inverno. Polícia avalia aquecedor do apartamento onde empresário e filha morreram Imagem: Débora Costa e Silva/UOL

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

09/06/2019 13h55

Um empresário e a filha dele foram encontrados mortos no apartamento em que moravam na cidade turística de Campos do Jordão (SP). A principal suspeita é que eles tenham sido intoxicados após vazamento de gás.

Segundo o boletim de ocorrência, no interior do imóvel havia um aquecedor de ambiente que funciona com gás de cozinha.

As mortes ocorreram no início da noite de ontem, quando a temperatura era de 12 graus. A polícia civil esteve no local e disse que não havia indícios de crime.

Por isso, a hipótese mais provável para as mortes é a inalação do gás, já que o apartamento estava totalmente fechado, dificultando a circulação do ar, de acordo com o registro policial.

O empresário Luiz Manoel Vasconcelos faria 58 anos no próximo dia 17. Ele era dono de uma loja de roupa de couros em Campos do Jordão. Foi candidato a vereador pelo Partido Verde em 2004.

O prefeito da cidade, Fred Guidoni, publicou em sua rede social uma mensagem lamentando o ocorrido e prestando solidariedade a família e amigos.

A Associação dos Amigos de Campos do Jordão também se manifestou pela internet dizendo que o empresário sempre demonstrou compromisso com Campos do Jordão, e que a última iniciativa dele foi ser um dos patrocinadores de um evento envolvendo admiradores de carros antigos que fazem um passeio pela região arrecadando fundos para entidades de assistência a idosos.
.
A filha de Luiz Manoel tinha 9 anos de idade.

O velório dos dois será durante a tarde deste domingo, na Câmara Municipal

Mais Cotidiano