Topo

Trio de baleias jubarte é filmado dando saltos no litoral paulista; assista

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

17/06/2019 14h21

O administrador Daniel Marçal passeava de lancha com a mulher e o filho no mar de Ilhabela, litoral norte de São Paulo, quando avistaram três baleias da espécie jubarte dando vários saltos, uma delas possivelmente filhote, segundo especialistas.

As acrobacias foram registradas ontem em mais de 10 minutos de filmagem. "De vez em quando, elas apareciam, davam uns pulos e sumiam. O sentimento é que a gente volta a ser criança", diz Marçal. No vídeo, dá para ouvir a mulher do administrador impressionada com a cena: "Menina linda!".

As baleias jubarte vêm das ilhas Georgia do Sul, na porção sul do continente, à procura de águas quentes para reprodução, como explicam Júlio Cardoso e Arlaine Francisco, coordenadores do projeto Baleia à Vista, desenvolvido em parceria com o Instituto Baleia Jubarte. Eles trabalham filmando e fotografando baleias há 15 anos para fins de estudos.

Segundo Cardoso, os primeiros registros das baleias no litoral norte neste ano foram no dia 27 de maio, muitas delas em família, outras sozinhas.

Ano a ano, segundo os estudiosos, o número de baleias avistadas vem aumentando. Em 20 dias, foram 85, contra 42 entre junho e agosto do ano passado. "Há várias teorias para explicar esse aumento. Uma delas diz respeito ao fim da caça da jubarte, proibida na década de 1980. A população está se recuperando e reocupando regiões", diz Cardoso.

A espécie jubarte pode chegar a 16 metros de comprimento. As mais jovens é que costumam aparecer no litoral e medem cerca de nove metros. Elas são sensíveis a sons. Por isso, para orientar sobre os cuidados a serem tomados, há uma portaria do governo federal com algumas determinações.

Uma delas proibe chegar a menos de 100 metros com motor engrenado, devendo-se ficar em marcha neutra, reduzindo o ruído. Também não se deve aproximar de uma baleia que já esteja sendo observada por outras duas embarcações, nem tentar perseguir, alterar ou bloquear o trajeto delas.

Mais Cotidiano