Topo

Corpo de empresário que desapareceu ao surfar em São Sebastião é encontrado

O empresário Antônio Otsuzi, que morreu ao surfar no litoral de SP - Reprodução/Facebook
O empresário Antônio Otsuzi, que morreu ao surfar no litoral de SP Imagem: Reprodução/Facebook

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora

22/07/2019 16h55

O corpo de um empresário que estava desaparecido desde a última quarta-feira (17) ao surfar na praia de Juquehy, no município de São Sebastião (litoral de São Paulo), foi encontrado ontem na Ilha do Montão de Trigo, no mesmo município, a 40 km de onde fora visto pela última vez.

Antônio Otsuzi, 42, morava em Corumbá, Mato Grosso do Sul, mas tirava uns dias de descanso nas últimas semanas com a família no litoral norte paulista. Tonzé, como era conhecido, surfava por hobby havia mais de 20 anos, mas sem praticar muito, segundo um de seus irmãos, Alexandre Otsuzi.

No dia do desaparecimento, ele entrou no mar com o sobrinho de 17 anos na praia de Juquehy. Segundo relato do adolescente, o mar estava tranquilo, mas, ao passar pela arrebentação, o empresário não foi mais visto.

O sobrinho teria permanecido na água por mais cerca de meia hora, por achar que o tio teria ido para outro lugar procurar um ponto diferente para surfar. Como Otsuzi não apareceu, o jovem saiu da água e encontrou a prancha do familiar quebrada. Foi então que os salva-vidas e os bombeiros marítimos teriam sido acionados, dando início às buscas.

Ontem, uma pessoa que passeava de lancha encontrou o corpo e acionou as autoridades.

Otsuzi era formado em direito e solteiro e não tinha filhos. Ele trabalhava na sede de Corumbá da empresa de transportes da família, que também tem unidades em São Paulo, no Centro-Oeste e na Bolívia. Foi ele que ensinou o sobrinho a surfar.

O velório e sepultamento acontecem na tarde de hoje na capital paulista.

Ressaca no mar deixa desaparecidos e arrasta barcos no RJ

Band Notí­cias

Cotidiano