PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Nardoni, Mizael e Cravinhos: quem está na prisão onde Lula cumprirá pena

O casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, condenados pela morte da menina Isabella - Folhapress
O casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, condenados pela morte da menina Isabella Imagem: Folhapress

Talita Marchao

Do UOL, em São Paulo

07/08/2019 13h33Atualizada em 07/08/2019 16h19

A decisão do corregedor Paulo Eduardo de Almeida Sorci, do Tribunal de Justiça de São Paulo, determina a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o complexo penitenciário de Tremembé, no interior de São Paulo, onde presos por casos famosos cumprem pena. Entre esses condenados estão Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni, por exemplo.

Lula deverá cumprir pena na Penitenciária 2 (P2), o presídio "José Augusto César Salgado", onde estão os homens envolvidos em casos de grande repercussão nacional. As mulheres ficam na P1, a penitenciária feminina Santa Maria Eufrázia Pelletier.

Um dos presos, o ex-prefeito de Ferraz de Vasconcelos Acir Filló, escreveu um livro sobre a prisão, chamado "Diário de Tremembé - O Presídio dos Famosos". No dia 6 de agosto, porém, a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani determinou a suspensão das vendas da obra e a transferência do autor para outro presídio.

Veja alguns dos presos famosos que estão em Tremembé:

Os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos de Paula e Silva e a estudante Suzane Louise von Richthofen, confessam a participação no assassinato dos pais de Suzane, Marísia e Manfred von Richthofen em 2002 - Luciana Cavalcanti/Folhapress - Luciana Cavalcanti/Folhapress
Os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos e estudante Suzane von Richthofen
Imagem: Luciana Cavalcanti/Folhapress

Suzane von Richthofen foi acusada de tramar a morte dos pais, Manfred e Marísia von Richthofen, em 2002, em São Paulo, na companhia dos irmãos Cristian e Daniel Cravinhos, então seu namorado. Dos três, apenas Daniel saiu da prisão para cumprir a pena em regime aberto. Cristian Cravinhos foi condenado a 38 anos e seis meses de prisão pela morte do casal Richthofen, em 2002, em São Paulo.

14.mar.2013 - PM reformado Mizael Bispo de Souza (centro) chega ao fórum de Guarulhos (Grande São Paulo), onde é julgado - Leandro Moraes/UOL - Leandro Moraes/UOL
PM reformado Mizael Bispo de Souza (centro) chega ao fórum de Guarulhos (Grande São Paulo), onde foi julgado
Imagem: Leandro Moraes/UOL

O ex-policial militar Mizael Bispo dos Santos foi condenado em 2013 a 20 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato da ex-namorada, a advogada Mércia Nakashima, em maio de 2010.

Lindemberg Alves chega ao Fórum de Santo André para seu julgamento, onde é acusado da morte da jovem Eloá em 2008  - Leandro Moraes/UOL - 13.fev.2012 - Leandro Moraes/UOL - 13.fev.2012
Lindemberg Alves durante o julgamento em Santo André (SP) pela morte da jovem Eloá em 2008
Imagem: Leandro Moraes/UOL - 13.fev.2012

O motoboy Lindemberg Alves, de 25 anos, foi condenado a 98 anos e dez meses de prisão por matar a ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15, e por outros 11 crimes, em outubro de 2008.

O casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, condenados pela morte de Isabella - Folhapress - Folhapress
Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá foram condenados pela morte de Isabella
Imagem: Folhapress

Alexandre Nardoni foi sentenciado a 30 anos e dois meses de detenção por matar a filha Isabella, que tinha cinco anos quando foi jogada do sexto andar do prédio onde morava. Em abril a Justiça concedeu a Alexandre, preso há 11 anos na Penitenciária de Tremembé, progressão de pena para o regime semiaberto. Anna Carolina Jatobá também cumpre sentença pelo assassinato de sua enteada.

22.nov.2013 - Usando colete à prova de bala, Guilherme Raymo Longo, 28, padrasto de Joaquim Ponte Marques, 3, é acompanhado por policiais e peritos na tarde desta sexta-feira (22), no Jardim Independência, em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), durante reconstituição do dia do suposto desaparecimento do menino, encontrado morto cinco dias depois no rio Pardo. Guilherme é suspeito no desaparecimento e morte do garoto - Silva Junior/Folhapress - Silva Junior/Folhapress
Usando colete à prova de bala, Guilherme Longo faz a reconstituição do dia do desaparecimento de Joaquim
Imagem: Silva Junior/Folhapress

Guilherme Longo foi extraditado da Espanha em janeiro de 2018, a pedido do governo brasileiro, para responder pelo assassinato de Joaquim Pontes Marques, seu enteado de três anos.

5.nov.2014 - Condenado por matar o pai e a madrasta, o publicitário e ex-seminarista Gil Rugai se entregou à polícia na manhã desta quarta-feira (5) em São Paulo. O mandado de prisão de Rugai foi expedido no início da tarde de terça-feira (4), após desembargadores do Tribunal de Justiça rejeitarem a anulação do júri, que já o havia condenado em 2013 - Werther Santana/Estadão Conteúdo - Werther Santana/Estadão Conteúdo
Condenado por matar o pai e a madrasta, o ex-seminarista Gil Rugai se entrega à polícia
Imagem: Werther Santana/Estadão Conteúdo

Publicitário e ex-seminarista, Gil Rugai foi condenado a 33 anos e nove meses de prisão pelo assassinato do pai e da madrasta em Perdizes, na zona oeste de São Paulo em 28 de março de 2004.

Julgamento de Elize Matsunaga -  -
Julgamento de Elize Matsunaga em São Paulo em 2016

Elize Matsunaga foi condenada em 2016 pelo assassinato e esquartejamento do marido, o presidente da Yoki, Marcos Kitano Matsunaga. Ela teve a pena de quase 20 anos de prisão reduzida para 16 anos e três meses e ganhou direito ao regime semiaberto.

Cotidiano