Topo

Idoso de 101 anos é carregado por familiares para fazer prova de vida em GO

Idoso nos braços de parente  - Reprodução/Globoplay
Idoso nos braços de parente Imagem: Reprodução/Globoplay

Do UOL

16/08/2019 14h47Atualizada em 16/08/2019 19h14

Um senhor de 101 anos precisou ser carregado pelos familiares para poder fazer a prova de vida e continuar recebendo sua aposentadoria em Porangatu, no estado de Goiás.

Segundo a família, o idoso não anda e nem consegue se sentar. Parentes disseram ao "Jornal Anhanguera", da afiliada da TV Globo no estado, que os atendentes da agência do banco Itaú se recusaram a atendê-lo no estacionamento do banco, onde ele esperava deitado no carro.

"Ela [a atendente] me disse que o dever era meu de levá-lo até o caixa e que eles não tinham a obrigação de providenciar nada para facilitar o deslocamento dele até dentro do banco", disse a neta do idoso à Globo.

A prova de vida é um procedimento obrigatório que serve para provar que os beneficiários do INSS que recebem aposentadoria por meio de conta corrente ou poupança continuam vivos.

"Meu avô foi humilhado diante das pessoas do banco, isso foi muito humilhante para ele", completou a neta.

Em nota enviada ao UOL, o Itaú afirmou reconhecer que "a necessidade de deslocamento até uma agência pode ser um processo desgastante para algumas pessoas". Disse ainda que, por isso, "estuda opções ao processo de realização da Prova de Vida, garantindo a segurança necessária na identificação dos beneficiários e seguindo as exigências do INSS".

"Atualmente, existem alternativas caso o beneficiário esteja impossibilitado de ir à unidade bancária, como o cadastro de um representante legal ou procurador no INSS. Além disso, pessoas acima de 80 anos e/ou com incapacidade de deslocamento podem solicitar à autarquia que o procedimento seja realizado por eles no endereço indicado pelo requisitante", afirmou o banco.

Ao Jornal Anhanguera, a família do idoso disse que nunca foi informada sobre outras possibilidades de fazer a prova de vida.

Mais Cotidiano